Embrapa Arroz e Feijão
Sistemas de Produção, No. 3
ISSN 1679-8869 Versão eletrônica
Nov/2004
Glossário

Introdução e importância econômica
Clima
Solos
Sistematização e preparo do solo
Adubação e calagem
Cultivares
Produção de sementes
Sistema de plantio
Irrigação e drenagem
Manejo de plantas daninhas
Doenças e métodos de controle
Manejo dos principais insetos fitófagos
Uso de agrotóxicos
Colheita
Cultivo da Soca
Secagem, armazenamento e beneficiamento
Mercado e comercialização
Coeficientes técnicos, custos, rendimentos e rentabilidade
Referências
Autores
Glossário

Expediente

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

 

A

Abiótico - criado, provocado ou induzido sem a participação de organismos vivos.

Agrotóxico - defensivo agrícola; substância utilizada na agricultura com a finalidade de controlar insetos, ácaros, fungos, bactérias e plantas daninhas.

Análise de solo - refere-se à determinação química, física e microbiológica do solo, para estimar as propriedades pertinentes ao seu uso como suporte para o crescimento das plantas. É um procedimento de avaliação da fertilidade do solo, considerado um dos melhores parâmetros disponíveis para diagnóstico dos níveis de nutrientes antes do plantio, por possibilitar a correção da limitação nutricional naquela safra.

Arroz vermelho - arroz daninho, da mesma espécie do arroz cultivado, Oryza sativa L, que possui o grão, cariopse, vermelho.

Topo da Página

B

Biomassa - quantidade de matéria que forma um corpo.

Biótico - relativo ou pertencente à vida ou aos seres vivos. Criado, provocado ou induzido pela ação de organismos vivos.

Topo da Página

C

Calagem - operação para corrigir a acidez do solo, por meio de calcários, dolomítico ou calcítico.

Cálcio - elemento mineral essencial para o crescimento dos vegetais.

Cariopse - fruto do arroz, isto é, o grão sem a casca.

Cerrado - vegetação típica da região do planalto central do Brasil.

Classificação de solos - a classificação sistemática dos solos se faz em grupos ou categorias, segundo as suas características gerais ou específicas.

Clima - conjunto de condições meteorológicas, temperatura, precipitação pluvial, umidade, e outras, características de determinada região da superfície terrestre.

Controle biológico - método pelo qual se utilizam meios naturais para o combate a pragas e doenças, seja pelo manejo da população de insetos benéficos ou microrganismos patogênicos a insetos e parasitas de patógenos, ou pela criação em laboratório e liberação em campo.

Controle químico - utilização de produtos químicos para o controle de organismos indesejáveis.

Cultivar - forma cultivada de alguma espécie. Em agricultura é normalmente utilizado como sinônimo de variedade.

Topo da Página

D

Deficiência nutricional - insuficiência de absorção de nutrientes.

Desnitrificação - redução de nitrito ou nitrato para formas gasosas de nitrogênio pela atividade microbiana ou por redutores químicos, produzindo nitrogênio molecular ou óxido de nitrogênio. Processo intensificado em condições de anaerobiose.

Dormência pós-colheita - estado normal de repouso da semente em que ela não germina, mesmo em presença de fatores favoráveis, como água, luz, temperatura e oxigênio.

Topo da Página

E

Época de semeadura - o período do ano recomendado para se instalar determinada espécie vegetal econômica.

Escarificação - operação utilizada no sistema de cultivo mínimo, que consiste em romper a camada superficial do solo, de 15 cm a 30 cm, com o uso de implementos de haste, denominados escarificadores, possibilitando a movimentação do solo sem a inversão da leiva e mantendo grande parte dos resíduos vegetais na superfície que protege o solo da erosão.

Esclerócios - estruturas do fungo capazes de sobreviverem durante dias ou anos, em condições ambientais desfavoráveis.

Esporo - unidade reprodutiva do fungo, correspondente à semente das plantas.

Estádio vegetativo - fase do desenvolvimento de uma planta.

Estande - número de plantas por unidade de área.

Estiagem - período sem precipitação pluvial na estação chuvosa.

Topo da Página

F

Fertilidade do solo - capacidade do solo em fornecer os nutrientes essenciais, em quantidade e proporção adequadas, para o crescimento da planta. Muitas vezes, a palavra fertilidade é confundida com produtividade do solo, mas produtividade é a capacidade do solo de produzir sob determinadas condições de manejo.

Fertilização - operação para corrigir os níveis de nutrientes do solo, por meio de adubos que contenham nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, zinco, molibdênio, etc.

Fisiológico - relativo ao estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos.

Topo da Página

G

Genético - relativo à genética, ciência voltada para o estudo da hereditariedade, bem como da estrutura e das funções dos genes.

Genótipo - a constituição genética de um organismo.

Glumelas - cascas do grão do arroz, também denominado de glumas.

Topo da Página

H

Herbicidas - produtos químicos utilizados no controle de plantas daninhas.

Hifa - qualquer filamento de um micélio.

Hospedeiro - todo vegetal do qual o fungo retira os nutrientes para seu sustento.

Topo da Página

I

Inóculo - o patógeno, um fungo, unidades bacterianas e partículas de vírus, ou parte do patógeno capaz de causar infecção. A parte ou porção do patógeno que entra em contacto com o hospedeiro.

Inseticidas - produtos destinados ao controle de insetos-pragas.

Instar - o crescimento do corpo do inseto é mais ou menos cíclico, com períodos de descanso alternados com períodos de atividade. Portanto, o inseto cresce em sucessivas mudas, e o intervalo entre uma muda e outra é chamado de instar.

Topo da Página

J

Topo da Página

K

Topo da Página

L

Larva - uma das fases de crescimento de insetos.

Lesões - as áreas cloróticas ou necróticas de tecido doente.

Lixiviação - processo pelo qual os elementos químicos do solo migram de forma passiva para as camadas mais profundas do solo, pela ação da água da chuva ou de irrigação, tornando-se indisponíveis para as plantas.

Topo da Página

M

Manejo - conjunto de práticas culturais, como capinas, altura de corte, adubação em cobertura, pulverização, manejo de pragas, irrigação, empregadas no cultivo de determinada espécie.

Matéria orgânica - porções não-minerais sólidas do solo originadas dos resíduos dos animais e das plantas.

Maturação fisiológica - período durante o qual cessa a translocação dos fotossintatos e, a partir daí, a planta aciona mecanismos para desidratação das sementes. Nesta fase, as sementes estarão praticamente desligadas da planta mãe, considerando-se armazenadas nas condições de campo. Durante este processo ocorrem transformações morfológicas e fisiológicas nas sementes, como alteração no tamanho, modificação no teor de água, acúmulo de matéria seca e modificações na germinação e no vigor. Teoricamente, o arroz poderia ser colhido nesta fase, desde que fossem dadas condições para secagem imediata, uma vez que a umidade dos grãos ainda é elevada, na faixa de 30%.

Maturação pós-colheita - período em que ocorrem alterações físico-químicas nos grãos, depois que o produto colhido, seco, beneficiado (descascado e polido) ou não, é ensacado e armazenado. Geralmente, essas alterações melhoram a qualidade culinária, ficando os grãos mais secos e soltos após o cozimento.

Medas - significa amontoar, sobrepostamente, as plantas de arroz cortadas, de modo que os grãos fiquem protegidos da chuva, quando a trilha não puder ser efetuada.

Micélio - parte vegetativa dos fungos, formada por um conjunto de hifas.

Topo da Página

N

Necrose / Necróticas - morte ou descoloração das células ou tecidos orgânicos foliares resultantes de infecção por um agente patogênico.

Ninfa - fase secundária do desenvolvimento de insetos.

Nutrição de plantas - fornecimento, absorção e utilização de nutrientes essenciais para o crescimento e a produção da planta. Nutriente é definido como um elemento que é absorvido pelas plantas e é necessário para completar seu ciclo de vida.

Topo da Página

O

Topo da Página

P

Patógeno - qualquer organismo vivo capaz de causar doença.

Perfilhamento - capacidade de alguns grupos de plantas emitir brotação lateral.

Plantas daninhas - espécies vegetais indesejáveis que crescem em um área cultivada, e resultam na redução de produtividade.

Plântula - estádio inicial do desenvolvimento do embrião em decorrência da germinação da semente até a formação das primeiras folhas.

Ponto ideal de colheita - estádio da maturação em que o arroz deve ser colhido para se obter o maior porcentual de grãos inteiros no beneficiamento, e que depende do teor de umidade dos grãos e da cultivar.

População adequada de plantas - o número de plantas por unidade de área que conduz à mais alta produção por área, em uma determinada condição de solo, clima, cultivar e tratos culturais.

Pós-colheita - período que vai da colheita ao processamento.

Precipitação - volume ou lâmina de água de chuva ou de água de irrigação.

Preparo do solo - ato de escarificar a superfície do solo, com o propósito de propiciar condições satisfatórias para o plantio, germinação das sementes, emergência das plântulas, desenvolvimento e produção das plantas, e também eliminar as plantas daninhas, controlar a erosão e descompactar o solo.

Pulverização - aplicação de líquidos em pequenas gotas.

Pupa - estágio entre a larva e o adulto de insetos com metamorfose completa. Neste estágio, eles não se alimentam e normalmente são inativos.

Pureza física - é caracterizada pela proporção de componentes físicos presentes no lote de sementes, tais como sementes puras, sementes silvestres, outras sementes cultivadas e substâncias inertes. A condição física é caracterizada pelo teor de umidade, tamanho, cor, densidade, injúrias mecânicas e causadas por insetos, e uniformidade quanto a essas características.

Pureza genética - entre outros atributos, refere-se à homogeneidade, ao potencial de produtividade, à resistência a doenças e insetos, à precocidade e à qualidade do produto

Topo da Página

Q

Qualidade fisiológica - compreende todos os atributos que indicam a sua capacidade de desempenhar funções vitais, sendo caracterizada pelo poder germinativo, pelo vigor e pela longevidade.

Qualidade sanitária - compreende a condição da semente quanto à presença e grau de ocorrência de fungos, bactérias, vírus, nematóides e insetos que causam doenças ou danificações à semente, ou que são transmitidos pela semente e são capazes de causar enfermidades e reduções na qualidade e produtividade das culturas.

Topo da Página

R

Resistência varietal - reação de defesa de uma planta, resultante da soma dos fatores que tendem a diminuir a agressividade de uma praga ou doença. O grau de resistência é transmitido aos descendentes.

Roguing - exame cauteloso e sistemático de um campo de produção de sementes para a remoção manual de todas as plantas indesejáveis.

Rotação de cultura - prática que consiste em alterar a espécie a ser cultivada no ciclo seguinte ao da lavoura atual.

Topo da Página

S

Saturação por bases - índice de acidez do solo definido como a proporção da capacidade de troca de cátions ocupada por bases trocáveis, que são K+, Ca2+, Mg2+ e Na+.

Semeadura / Semeio - distribuição das sementes. Semente - estrutura dos vegetais que conduz o embrião, envolvida quase sempre por um tegumento, casca.

Soca - termo originário do tupi, soka. Significa a segunda produção de uma dada cultura depois de cortada a primeira. É a capacidade de as plantas de arroz regenerar novos perfilhos férteis, após o corte dos colmos na colheita.

Solo - parte superficial da terra, na qual se encerram matéria orgânica, elementos minerais e mircrorganismos, que determinam sua qualidade produtiva.

Subirrigação - método de irrigação, comum em várzeas, pelo qual a água é aplicada diretamente sob a superfície do solo, geralmente por meio da criação, manutenção e controle do lençol freático, a uma profundidade preestabelecida.

Subsolagem - operação que visa movimentar camadas profundas do solo, para quebrar camadas compactadas.

Topo da Página

T

Tolerante - refere-se à cultivar que, mesmo afetada por uma praga ou doença, produz mais que uma cultivar considerada suscetível, submetida às mesmas condições.

Transplante - transferência de um planta para o local definitivo.

Tratamento de sementes - aplicação de produtos que visa proteger a semente do ataque de pragas e patógenos ou melhorar sua capacidade de produzir uma planta normal.

Trichograma - inseto utilizado no controle biológico de pragas, pertencente à família Trichogramatidae e à ordem Hymenoptera.

Topo da Página

U

Umidade relativa - quantidade de vapor de água contido no ar, medido em porcentagem em relação ao máximo de vapor que aquele ambiente pode conter (saturação).

Topo da Página

V

Variedade - taxonomicamente é uma subdivisão de indivíduos da mesma espécie. Na agricultura designa populações melhoradas que diferem entre si em caracteres de importância econômica. É um material geneticamente estável.

Várzeas - áreas constituídas de solos originários de decomposição de materiais transportados por cursos d'agua ou trazidos das encostas pelo efeito erosivo das chuvas. Constituem áreas geralmente planas de baixadas às margens de córregos e rios, condicionadas a um regime de excesso de umidade e a processos químicos de redução, em conseqüência da elevação do lençol freático, sujeitas ou não a inundações periódicas.

Vetor - ser vivo capaz de transmitir, de forma ativa ou passiva, um agente infeccioso.

Volatilização - passagem de uma substância do estado sólido ou líquido para o estado gasoso.

Topo da Página

W

Topo da Página

X

Topo da Página

Y

Topo da Página

Z

Copyright © 2004, Embrapa

Topo da Página