Embrapa Mandioca e Fruticultura
Sistema de Produção, 18
ISSN 1678-8796 Versão eletrônica
Set/2010

Sistema Orgânico de Produção para a Cultura da Banana

Autores

Início

Importância econômica
Solos
Suprimento de nutrientes
Variedades
Mudas
Plantio
Irrigação
Práticas culturais
Manejo de pragas
Colheita e pós-colheita
Anexos
Referências

Glossário


Expediente

 

Variedades

O artigo 91 da Instrução Normativa 64 (MAPA, 2009a, anexo 1) relata que no s sistemas orgânicos de produção vegetal deve-se priorizar a utilização de material de propagação originário de espécies vegetais adaptadas às condições edafoclimáticas locais e tolerantes a pragas e doenças. Na tabela 1 constam algumas variedades com atributos semelhantes aos exigidos.

TABELA 1. Atributos de algumas variedades de bananeira. Cruz das Almas, BA.

Atributos

Variedades

Caipira
Thap Maeo
Pacovan Ken
Maravilha

Grupo genômico

AAA

AAB
AAAB
AAAB

Tipo

Ouro

Mysore
Prata
Prata

Porte

Médio

Médio
Alto
Médio

Densidade (plantas/ha)

1.666
1.666
1.666
1.666

Perfilhamento

Ótimo

Ótimo
Bom

Bom

Ciclo vegetativo (dias)1

563 / 328
555 / 358
574 / 362
544 / 352

Peso de pencas (kg)1

8,6 / 11,8

9,7 / 17,2
10,0 / 13,4

15,3 / 19,5

Número de frutos/cacho1

123 / 138
179 / 212
93 / 92
114 / 123
Peso médio fruto (g)1
71,4 / 88,7
58,3 / 83,3
108,6 / 146,8
135,7 / 160,3
Comprimento fruto (cm)1
10,6 / 12,4
11,1 / 12,8
15,8 / 17,3
17,4 / 19,2
Diâmetro fruto (mm)1
33,4 / 36,0
30,1 / 35,7
32,8 / 38,0
36,5 / 39,5
Produtividade (t/ha/ciclo)1
14,2 / 19,6
16,2 / 28,6
16,7 / 22,4
25,4 / 32,2
Produtividade (t/ha/ano)1
9,3 / 16,2
10,8 / 23,0
10,7 / 17,5
17,1 / 26,6
Reação às principais doenças e pragas 2
Sigatoka-amarela
R
R
R
R
Sigatoka-negra
R
R
R
R
Mal-do-Panamá
R
R
R
R
Moko
S
S
S
S
Nematóides
NA
NA
NA
NA

Broca-do-rizoma

R

MR

MS

NA

Fonte : Embrapa Mandioca e Fruticultura
1 Avaliações realizadas no sistema orgânico, no primeiro / segundo ciclos de produção. 2 R: resistente; S: suscetível; T: tolerante; MR: medianamente resistente; MS: medianamente suscetível; NA: não avaliado.

Não existem variedades de bananeira desenvolvidas especificamente para plantio em sistemas orgânicos de produção. As variedades utilizadas para o sistema convencional vêm sendo cultivadas em sistema orgânico, adotando-se as práticas de cultivo recomendadas para este sistema. Experimento realizado na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em dois ciclos de produção, mostraram que as variedades Thap Maeo e Maravilha, notadamente esta última, obtiveram maior produtividade no sistema orgânico quando comparado com o convencional.

As principais características de uma variedade de banana para plantio em sistema orgânico são: a) possibilitar a substituição de insumos químicos, sem causar redução de qualidade ou produtividade; b) ter plantas vigorosas, resistentes ou tolerantes a doenças e insetos e frutos de sabor agradável; c) ter eficiência na absorção e utilização de nutrientes, para reduzir a demanda por adubação, uma vez que existem diferenças entre variedades quanto à absorção de nutrientes (Tabelas 1 e 2 - Suprimentos de nutrientes).

Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610.