Embrapa Milho e Sorgo
Sistema de Produção, 2
Pragas
José Magid Waquil

Cultivo do Sorgo

Importância econômica
Clima
Ecofisiologia
Preparo de solo e Nutrição
Adubação
Cultivares
Plantio
Plantas daninhas
Doenças
Pragas
Colheita e pós-colheita
Mercado e comercialização
Coeficientes técnicos
Referências bibliográficas
Glossário

Inimigos naturais de pragas na cultura do sorgo

No agroecossistema, a população de insetos está sujeita a uma série de fatores ambientais, cujas combinações determinam o aumento ou redução da sua densidade. O resultado da ação dos fatores desfavoráveis a uma determinada espécie é denominado - controle natural. Além dos fatores climáticos, vários organismos como vírus, bactérias, fungos, nematóides, artrópodes, pássaros etc., contribuem para o balanço das espécies pragas. A introdução, o aumento ou a preservação desses agentes de controle biológico são muito importantes para manter a população de insetos e ácaros fitófagos em equilíbrio e abaixo dos níveis de dano econômico para a cultura. Entre os predadores destacam-se as tesourinhas, larvas de Syrphidae, chrisopídeos (Chysoperla esterna), percevejos (Orius insidiosus e Geocoris sp.) e várias espécies de coleópteros das famílias Carabidae e Coccinelidae, como as joaninhas (ex. Cyncloneda sanguinea) que são importantes agentes de controle biológico principalmente dos pulgões. Existem também várias espécies de parasitóides (ex. Aphidius spp.) e microorganismos que desempenham papel importante na manutenção do balanço ecológico das principais espécies-pragas. O grande desafio para as pesquisas na área do controle biológico das pragas na cultura do sorgo, visando o manejo integrado, é a avaliação da seletividade dos novos inseticidas para a utilização em situações emergenciais e a determinação dos níveis de não controle em função da densidade populacional da espécie-alvo e de seus respectivos inimigos naturais considerando os diferentes níveis de susceptibilidade dos híbridos disponíveis no mercado.

Voltar

Informações Relacionadas
 

Copyright © 2000, Embrapa

Topo da Página