seta


Embrapa Uva e Vinho
Sistema de Produção, 1
ISSN 1678-8761 Versão Eletrônica
Jan/2003

Produção Integrada de Maçãs no Brasil

Início

Capacitação

Organização de produtores e assistência técnica
Recursos naturais
Solos e nutrição
Plantio
Polinização
Tratos Culturais
Poda
Controle da produção da fruta
Quebra de dormência
Manejo da cobertura vegetal
Manejo integrado de pragas e doenças
Colheita e pós-colheita
Mercado e Comercialização
Referências
Glossário


Expediente
Autores

Glossário

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

A

APPCC - Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle - Recomendado pela Organização Mundial do Comércio - OMC, pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura - FAO e pela Organização Mundial de Saúde. A APPCC está associada às Boas Práticas de Fabricação (BPF) e estabelece programas de boas práticas ligadas a fabricação (indústria), cujas diretrizes visam minimizar perigos, monitorar, estabelecer ações corretivas e emergenciais, procedimentos de verificação e de registros. A qualidade de produto, segundo a APPCC está baseada no conhecimento de elementos de microbiologia, perigos químicos e físicos que podem ocorrer, exigências do CODEX Alimentarus para as boas práticas de fabricação, aspectos de higiene pessoal e comportamento no trabalho; procedimentos de limpeza e sanificação de superfícies, controle de pragas problemáticas para a indústria de alimentos; qualidade da água utilizada para abastecimento e limpeza; seleção de fornecedores com qualidade assegurada; controle metrológico visando medições confiáveis; planos de amostragem para análise microbiológica; e controle estatístico de processo (determinação de limites críticos a serem empregados no monitoramento dos Pontos Críticos de Controle - PCC. A responsabilidade de implantação do Sistema APPCC cabe ao Serviço de Inspeção do Pescado e Derivados (SEPES), do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal.

seta    

B

Boas práticas agrícolas - De forma geral, tem como objetivo a obtenção de um produto saudável, livre de contaminação (química, física ou biológica) orientado por diretrizes (documentadas) que as definem por meio de recomendações de caráter geral, contemplando todas as atividades relacionadas aos sistemas de produção. Assim consideram: práticas de produção atentando a procedimentos que minimizem riscos potenciais a saúde do consumidor, identificando perigos químicos, físicos e biológicos sejam iminentes ou futuros.

seta    

C

Certificação - Segundo a ABNT é "um conjunto de atividades desenvolvidas por um organismo independente da relação comercial, com o objetivo de atestar publicamente, por escrito, que determinado produto, processo ou serviço está em conformidade com os requisitos especificados. Estes requisitos podem ser: nacionais, estrangeiros ou internacionais. As atividades de certificação podem envolver: análise de documentação, auditorias/inspeções na empresa, coleta e ensaios de produtos, no mercado e/ou na fábrica, com o objetivo de avaliar a conformidade e sua manutenção".

Conformidade - Indicação ou julgamento de que o produto, as atividades ou serviços atendem às exigências da especificação relevante.

seta    

D

Desenvolvimento sustentável - forma de desenvolvimento econômico que não tem como paradigma o crescimento, mas a melhoria da qualidade de vida; que não caminha em direção ao esgotamento dos recursos naturais, nem gera substâncias tóxicas ao meio ambiente em quantidades acima da capacidade assimilativa do sistema natural; que reconhece o direito de existência das outras espécies; que reconhece o direito das gerações futuras em usufruir o planeta tal qual o conhecemos; que busca fazer as atividades humanas funcionarem em harmonia com o sistema natural, de forma que este tenha preservadas suas funções de manutenção da vida por um tempo indeterminado.

seta    

E

seta    

F

seta    

G

seta    

H

seta    

I

Impacto ambiental - Qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causadas por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que direta, ou indiretamente, afetam: saúde, a segurança e o bem estar da população, as atividades sociais e econômicas, a biota, as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente e a quantidade dos recursos naturais. (CONAMA 001/86).

seta    

J

     seta    

K

seta    

L

seta    

M

seta    


N

Normalização - Segundo a ABNT é o "processo de estabelecer e aplicar regras a fim de abordar ordenadamente uma atividade específica, para o benefício e com a participação de todos os interessados e, em particular, de promover a otimização da economia, levando em consideração as condições funcionais e as exigências de segurança ".

 

seta    

O

seta    

P

Perigo - "causas potenciais de danos inaceitáveis que possam tornar um alimento impróprio ao consumo e afetar a saúde do consumidor, ocasionar a perda da qualidade e da integridade econômica dos produtos. Genericamente o perigo é a presença inaceitável de contaminantes biológicos, químicos ou físicos na matéria prima ou nos produtos semi-acabados ou acabados e não conformidade com o Padrão de Identidade e Qualidade (PIQ) ou Regulamento Técnico estabelecido para cada produto" (Elementos, 1999;pg 39).

Produção integrada - um sistema de produção agrícola que produz alimentos e outros produtos de alta qualidade, mediante o uso de recursos naturais e de mecanismos reguladores para substituir os insumos contaminantes e para assegurar uma produção agrícola sustentável; A PI é de livre adesão dos produtores que, se comprometendo a seguir as suas diretrizes e normas técnicas de produção, após inspeções e auditorias recebem um selo que a certifica.

seta    

Q

Qualidade Ambiental: estado das principais variáveis do ambiente que afetam o bem-estar dos organismos, particularmente dos humanos; termo empregado para caracterizar as condições ambientais segundo um conjunto de normas e padrões ambientais pré-estabelecidos; utilizada como valor referencial para o processo de controle ambiental.

seta    

R

Risco - Probabilidade de que uma situação física com potencial de causar danos (PERIGO) possa acontecer, em qualquer nível, em decorrência da exposição durante um determinado espaço de tempo a essa situação.

seta    

S

Sustentabilidade - Qualidade de um sistema que é sustentável; que tem a capacidade de se manter no seu estado atual durante um tempo indefinido, principalmente devido à baixa variação de seus níveis de matéria e energia; desta forma não esgotando os recursos de que necessita.

seta    

T

seta    

U

seta    

V

seta    


W

seta    

X

seta    



Y

seta    

Z

seta    

 

Copyright © 2000, Embrapa