Embrapa Florestas
Sistemas de Produção, 2
ISSN 1678-8281 Versão Eletrônica
Cultivo da Grevílea nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil

Autor
Emerson Gonçalves Martin

Cultivo da GrevÝlea

1.Importância socioeconômica e ambiental
2.Generalidades sobre a espécie
3.Taxonomia e descrição
4.Distribuição geográfica
5.Propriedades e utilização da madeira
6.Melhoramento genético
7.Requerimentos ecológicos da espécie
8.Sementes
9.Formação de mudas
10.Implantação
11.Manutenção
12.Pragas e doenças
13.Manejo
14.Sistemas agroforestais
15.Coeficientes técnicos e custos
16.Mercado e comercialização
17.Referências
18.Equipe
Expediente

Glossário
Entrada

 

Generalidades sobre a espécie
A grevílea, em suaçãrigem, é conhecida, popularmente, como ?silkyçãak? (carvalho sedoso)çãu ?silverçãak? (carvalho prateado) devido à aparência prateada da parte inferior de sua folhagem. Na Argentina é conhecida como ?roble australiano?.çã nome grevílea, foi dado em homenagem a C. F. Greville, patrono inglês da botânica. A palavra robusta, vem do latim robustus (duro, forte, robusto), em referência ao tamanho das árvores da espécie, cujo gênero, caracteriza-se por muitas espécies arbustivas.

No Brasil, é uma espécie muito conhecida, principalmente nas Regiões Sul e Sudeste. Muitas vezes é considerada erroneamente como espécie nativa.çã interesse pela espécie, foi despertado pelo seu uso em cortinas quebra-ventos e para proteção das geadas, principalmente em lavouras de café. Reconhecida como espécie ideal para sistemas agroflorestais devido à pouca competitividade com as culturas agrícolas, tem sido utilizada em sombreamento de pastagens com benefícios reconhecidos. Hoje é uma espécie de grande aceitação, devido a seu rápido crescimento, rusticidade, plasticidade e boa qualidade da madeira.

Não tem sido utilizada em grande escala para plantios com finalidade de produção madeireira. Entretanto, diversas empresas moveleiras, no Noroeste do estado do Paraná e São Paulo, a utilizam para produzir esquadrias e diversos tipos de móveis como camas, mesas e cadeiras.
 

Todos os direitos reservados, conforme Lei nº 9.610

Topo da Página