Embrapa Florestas
Sistemas de Produção, 2
ISSN 1678-8281 Versão Eletrônica
Cultivo da Grevílea nas Regiões Sul e Sudeste do Brasil

Autor
Emerson Gonçalves Martins

Cultivo da GrevÝlea

1.Importância socioeconômica e ambiental
2.Generalidades sobre a espécie
3.Taxonomia e descrição
4.Distribuição geográfica
5.Propriedades e utilização da madeira
6.Melhoramento genético
7.Requerimentos ecológicos da espécie
8.Sementes
9.Formação de mudas
10.Implantação
11.Manutenção
12.Pragas e doenças
13.Manejo
14.Sistemas agroforestais
15.Coeficientes técnicos e custos
16.Mercado e comercialização
17.Referências
18.Equipe
Expediente

Glossário
Entrada

 

Formação de mudas
A produção de mudas de grevílea é relativamente fácil, principalmente por via sexuada.

As mudas podem ser produzidas por via sexuadaçãu por propagação vegetativa (Figura 1). Quando formadas a partir de sementes elas podem ser produzidas de forma convencional em recipientes plásticosçãu em tubetes (Figura 2)

Figura 1. Enxertos prontos
Fotografia: Emerson Gonçalves Martins

Figura 2. Mudas formadas em tubetes
                 Fotografia: Emerson Gonçalves

A propagação via enxertiaçãu estaquia, partindo de ramos novos  de plantas jovensçãu de mudas novas provenientes de sementes também é um método bastante utilizado.

 

Todos os direitos reservados, conforme Lei nº 9.610

Topo da Página